BLEFAROPLASTIA

blefaroplastia

CIRURGIA DE PÁLPEBRAS

Para recuperar a beleza, a jovialidade e a funcionalidade das pálpebras, é cada vez mais comum recorrer à blefaroplastia.É inevitável que, com o passar do tempo, sinais de envelhecimento e cansaço se tornam mais visíveis. Dentre tantos, o excesso e a flacidez da pele palpebral e bolsas de gordura abaixo dos olhos são um dos maiores incômodos que atingem  homens e mulheres de diferentes faixas etárias.

O QUE É BLEFAROPLASTIA?  

A Blefaroplastia é a solução para quem sente a necessidade de corrigir as pálpebras, tanto na parte superior dos olhos quanto na inferior. Esta cirurgia plástica visa reparar a estética e funcionalidade das pálpebras ao retirar o excesso de pele e as bolsas de gordura ao redor dos olhos, contribuindo para uma aparência rejuvenescida e um olhar mais atraente. 

A BLEFAROPLASTIA VAI DEIXAR MEU ROSTO MAIS HARMÔNICO? 

O efeito da plástica palpebral é localizado, não proporciona o rejuvenescimento completo do rosto. Para que isso ocorra, podem ser associadas ao procedimento, ou após sua realização, outras técnicas tais como o lifting facial ou de sobrancelhas, os preenchimentos com materiais biodegradáveis e a aplicação de toxina botulínica. Nesses casos, cada situação é única; somente o médico poderá determinar qual o melhor procedimento para cada paciente. 

QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA  BLEFAROPLASTIA?

Além de ser uma intervenção bem simples, a cirurgia de Blefaroplastia pode proporcionar diversos benefícios aos pacientes. Dentre as principais, temos:

  • Melhora da aparência visual;
  • Redução de rugas;
  • Eliminação do cansaço e da tristeza do olhar;
  • Diminuição das bolsas de gordura dos olhos;
  • Aumento da autoestima;
  • Rejuvenescimento e suavidade à pele;
  • Minimização das olheiras;
  • Resultados mais duradouros.  

OUTRAS INDICAÇÕES PARA BLEFAROPLASTIA

A cirurgia é mais comum em pessoas a partir de 40 anos, por motivos estéticos, embora possa ser feita também em pacientes mais jovens, desde que seja diagnosticada a necessidade real.Entretanto, o procedimento pode ser adotado por razões funcionais nos casos em que a visão fica comprometida devido à queda da pálpebra sobre os olhos ou para a remoção de xantelasmas (pequenas bolinhas de colesterol que se formam na região dos olhos).

COMO A CIRURGIA É REALIZADA?  

A cirurgia tradicional é realizada através de um corte feito na pálpebra superior, com as incisões feitas no côncavo, acompanhando a dobra das pálpebras. Já na pálpebra inferior, o corte é feito próximo à implantação dos cílios, também acompanhando o traço natural do olho. As cicatrizes ficam muito discretas, praticamente imperceptíveis na maioria dos pacientes. 

A cirurgia a laser é semelhante à cirurgia convencional. Neste procedimento é utilizado o laser CO2 para cortar a pele e cauterizar os vasos. O objetivo de utilizar essa ferramenta é reduzir o sangramento e hematomas, assim amenizando o inchaço no pós-operatório. O diferencial do laser é que ele permite uma cicatriz quase imperceptível pelo fato do procedimento ser menos invasivo. 

QUANDO SE PERCEBE O RESULTADO DEFINITIVO?

Logo após o oitavo dia da realização do procedimento, já será percebida pequena melhora do resultado almejado, sendo que nas duas ou três semanas subsequentes  tende a melhorar acentuadamente.Na maioria dos casos, o resultado final se dá após o terceiro mês. 

5  CUIDADOS COM A REGIÃO DOS OLHOS APÓS A  BLEFAROPLASTIA 

Por ter a pele muito fina e cheia de veias, a região das pálpebras sofre inchaço e fica com coloração arroxeada após o procedimento. Para controlar esses e outros efeitos da cirurgia, indica-se:

1) Nas primeiras 24/48 horas, fazer compressas frias para amenizar o inchaço. Geralmente, após três dias, já começa a ocorrer uma melhora nesse aspecto;

2) Por precaução, dormir com a cabeça elevada por 15 dias;

3) Evitar massagear, coçar ou fazer qualquer manipulação do local;

4) Não fazer nenhum tipo de esforço físico;

5) Evitar a exposição solar nessa região por pelo menos 90 dias, para garantir uma boa cicatrização. 

Você ainda tem dúvidas? Marque uma consulta conosco que estaremos lhe esclarecendo.

Compartilhe nossas notícias nas suas Redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Últimas Notícias

Quais os Fatores de Risco que podem levar ao Glaucoma?

Glaucoma é uma doença em que há compressão do nervo óptico o que pode causar cegueira permanente. Alguns fatores, ao serem analisados, podem nos apontar a possibilidade de sua ocorrência . Por isso, conhecê-los nos levará a agir de maneira preventiva.

Leia Mais »

PROTEJA SEUS OLHOS NO VERÃO!

Não é apenas nossa pele que precisa de cuidados nos meses mais quentes.Necessitamos, também, cuidados com os olhos no verão. Nesta época, o surgimento de doenças oculares é bastante grande.

Leia Mais »

Deseja agendar uma consulta?

* Retornaremos com a confirmação assim que possível

Iniciar Conversa
Deseja Agendar uma Consulta?